21 de abril de 2014

Resenha do filme ''Divergente''

21 de abril de 2014

  Li Divergente pela primeira vez assim que foi lançado no Brasil, em 2012, e fiquei completamente apaixonada pela trama. A história se passa em Chicago, onde a sociedade pós-apocalíptica é dividida em 5 facções (Audácia, Abnegação, Amizade, Franqueza e Erudição). Quando a pessoa completa 16 anos ela terá que decidir em qual facção viverá de acordo com o seu ideal, porém uma vez escolhida não poderá ser mudada. O enredo é narrado por Beatrice Prior, que pertence à Abnegação, os altruístas, mas tem uma grande dúvida sobre como será o seu futuro. Antes de escolher a facção que ficará pelo resto da vida, o jovem faz um "teste de aptidão", para ter uma noção em qual facção se encaixa melhor. Nisso, Beatrice (Tris) descobre que não pode ser controlada pelas simulações do teste, e isso é chamado de "Divergente". 
  Eu adorei o filme. No início, quando  os atores estavam sendo escolhidos, eu não gostei muito. Alguns não correspondiam ao que estava no livro, mas mesmo assim me surpreenderam e fizeram um ótimo trabalho. O filme foi bem fiel ao livro na maior parte das cenas, porém faltaram algumas partes que eu considero importantes. O Edward deveria ter perdido o olho, pois foi por esse motivo que ele deixou a Audácia e virou um sem-facção, já que isso é importante para o segundo filme. Foi mostrado de uma forma quase imperceptível o romance entre Will e Christina. A Tris se sente mais culpada por tê-lo matado porque ele era namorado da sua melhor amiga. Também faltou mostrar que o Al era apaixonado pela Tris, motivo que o levou a se matar quando ela teve uma briga com ele ( que no livro foi bem mais séria).
  Eu gostei muito do filme, achei que a adaptação ficou ótima e super recomendo. Mal posso esperar para ver Insurgente nos cinemas.     

   



Nenhum comentário:

Postar um comentário

TOPO ▲
Blogando e Tecendo© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. TECNOLOGIA BLOGGER 2015/2016. Design por Kfofo Design